Amarra Diagonal

Serve para aproximar e unir duas varas que se encontram formando um ângulo agudo. é menos usada que a Amarra Quadrada, mas é muito utilizada na construção de cavaletes de ponte, pórticos etc. Para começar usa-se a Volta da Ribeira apertando fortemente as duas peças, dão-se três voltas redondas em torno das varas no sentido dos ângulos, e em seguida, mais três voltas no sentido dos ângulos suplementares, arrematando-se com um anel de duas ou três voltas entre as peças (enforcamento) e uma Volta de Fiel para encerrar. Pode-se também encerrar unido a ponta final a inicial com um nó direito. Serve para aproximar e unir duas varas que se encontram formando um ângulo agudo. É menos usada que a Amarra Quadrada, mas é muito utilizada na construção de cavaletes de ponte, pórticos etc. Para começar usa-se a Volta da Ribeira apertando fortemente as duas peças. Em seguida dão-se três voltas redondas em torno das varas no sentido dos ângulos, arrematando-se com um anel de duas ou três voltas entre as peças e uma Volta de Fiel para encerrar. Para unir duas varas em forma de X ou em diagonal.

A - Coloque duas varas na posição mostrada pela figura 1, formando um X. Mantenha-se nesta posição continuamente.
B - Comece com o nó volta do fiel com mostra na figura 2. Dê três ou quatro voltas em torno das forquilhas.
C - Dê três ou Quatro voltas em trono da varas, na direção oposta ao cruzamento. Puxe firme cada volta para que fiuqe bem apertado.
D - Aperte três vezes entre as varas e termine como na amarra plana.

Resumo:
amarra_diagonal_1.gif

Animação:
amarra_diagonal_2.gif

Passos:
amarra_diagonal.jpg

Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License